Da timidez


Ser um tímido notório é uma contradição. O tímido tem horror a ser notado, quanto mais a ser notório. Se ficou notório por ser tímido, então tem que se explicar. Afinal, que retumbante timidez é essa, que atrai tanta atenção? Se ficou notório apesar de ser tímido, talvez estivesse se enganando junto com os outros e sua timidez seja apenas um estratagema para ser notado. Tão secreto que nem ele sabe. É como no paradoxo psicanalítico, só alguém que se acha muito superior procura o analista para tratar um complexo de inferioridade, porque só ele acha que se sentir inferior é doença.

Todo mundo é tímido, os que parecem mais tímidos são apenas os mais salientes. Defendo a tese de que ninguém é mais tímido do que o extrovertido. O extrovertido faz questão de chamar atenção para sua extroversão, assim ninguém descobre sua timidez. Já no notoriamente tímido a timidez que usa para disfarçar sua extroversão tem o tamanho de um carro alegórico. Daqueles que sempre que-bram na concentração. Segundo minha tese, dentro de cada Elke Maravilha existe um tímido tentando se esconder e dentro de cada tímido existe um exibido gritando “Não me olhem! Não me olhem!” só para chamar a atenção.

O tímido nunca tem a menor dúvida de que, quando entra numa sala, todas as atenções se voltam para ele e para sua timidez espetacular. Se cochicham, é sobre ele. Se riem, é dele. Mentalmente, o tímido nunca entra num lugar. Explode no lugar, mesmo que chegue com a maciez estudada de uma noviça. Para o tímido, não apenas todo mundo mas o próprio destino não pensa em outra coisa a não ser nele e no que pode fazer para embaraçá-lo.

O tímido vive acossado pela catástrofe possível. Vai tropeçar e cair e levar junto a anfitriã. Vai ser acusado do que não fez, vai descobrir que estava com a braguilha aberta o tempo todo. E tem certeza de que cedo ou tarde vai acontecer o que o tímido mais teme, o que tira o seu sono e apavora os seus dias: alguém vai lhe passar a palavra.

O tímido tenta se convencer de que só tem problemas com multidões, mas isto não é vantagem. Para o tímido, duas pessoas são urna multidão. Quando não consegrie escapar e se vê diante de uma platéia, o tímido não pensa nos membros da platéia como indivíduos. Multiplica-os por quatro, pois cada indivíduo tem dois olhos e dois ouvidos. Quatro vias, portanto, para receber suas gafes. Não adianta pedir para a platéia fechar os olhos, ou tapar um olho e um ouvido para cortar o desconforto do tímido pela metade. Nada adianta. O tímido, em suma, é uma pessoa convencida de que é o centro do Universo, e que seu vexame ainda será lembrado quando as estrelas virarem pó.

Do Verrissimo. Filho ;)

Eu até pensei em marcar as partes com que eu mais me identificava, mas ia marcar praticamente o texto inteiro :P

Mas se vc estiver inspirado, e com muita vontade; copia e cola nos comentários as partes com que vc mais se identifica. E eu tenho certeza que vc se identifica ;)

    • Jorge
    • 6 de Dezembro, 2008

    é por essas e outra que eu gosto mto dos livros dele :D

    Todo mundo é tímido, os que parecem mais tímidos são apenas os mais salientes. Defendo a tese de que ninguém é mais tímido do que o extrovertido. O extrovertido faz questão de chamar atenção para sua extroversão.

    isso é a mais pura verdade,

    • a Jhu
    • 6 de Dezembro, 2008

    cedo ou tarde vai acontecer o que o tímido mais teme, o que tira o seu sono e apavora os seus dias: alguém vai lhe passar a palavra.

    NUNCA ME PASSEM A PALAVRA.

    O tímido tenta se convencer de que só tem problemas com multidões, mas isto não é vantagem. Para o tímido, duas pessoas são urna multidão.

    HAUSHUAHSUHAUSHUAHSUHUASHUAHSUHAS
    É vero…

    O tímido, em suma, é uma pessoa convencida de que é o centro do Universo, e que seu vexame ainda será lembrado quando as estrelas virarem pó.

    =/

    • deo, a terrível.
    • 8 de Dezembro, 2008

    “Mentalmente, o tímido nunca entra num lugar. Explode no lugar, mesmo que chegue com a maciez estudada de uma noviça”.

    e é.
    “)

    verissimo’s family!
    \o/

    • Kotisan
    • 8 de Dezembro, 2008

    “Explode no lugar, mesmo que chegue com a maciez estudada de uma noviça. “

    “O tímido tenta se convencer de que só tem problemas com multidões, mas isto não é vantagem. Para o tímido, duas pessoas são urna multidão.”

    “Não adianta pedir para a platéia fechar os olhos, ou tapar um olho e um ouvido para cortar o desconforto do tímido pela metade. Nada adianta. “

    Caaara ainda poderia destacar outras partes … Mah acho q são essas as principais.

    A única parte que não bate comigo é a do analista!
    No meu caso eu sempre fugia dos psicólogos, mas eles sempre viam atrás de mim na escola ¬¬

    Até hj tenho uma certa raiva disso!

    muashsauhashu

    beeeijão

    • Kathine
    • 16 de Dezembro, 2008

    Ah, eu ja li o texto, mas nao tive tempo de comentar.
    Agora estou com preguiça de ler denovo, e destacar as partes!

    mas poste logooo, poste todo dia! ^^
    Sério ;)

    • Camila
    • 28 de Dezembro, 2008

    Não li, uaheiuaheiuaheui.
    Mas tipo, não é uma questão de escolha ser tímido ou não.
    Eu não queria ser tímida, e eu acho que eu sou cara.

    Só que tipo, também sei lá né.
    É tão difícil o equilíbrio no ser humano.
    A pessoa que é extrovertida demais transparece mais o orgulho. Não que a tímida não tenha, mas diferentes reações.

    Não sei, não sei.
    Só que em partes não queria ser tímida ;]

  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: