Alternativa à tragédia

Montéquios e Capuletos. Ato V. Cena IV. Encontro hipotético do velho Montéquio, pai de Romeu, e do venho Capuleto, pai de Julieta.

Montéquio: Meu filho, por mais que eu despiste,
Em casar com sua filha insiste.
Ó céus, no que dará a união
Do filho de um homem com a filha de um cão?
E com toda a minha mágoa, ainda por cima
Esta obrigação de falar com rima!

Capuleto: A dor até um cão mata:
Ver sua filha casar com um vira-lata.
Pior do que isto, ah meus dias,
Será a reunião das nossas famílias.
Eu e você sendo gringos.
Comendo a mesma massa aos domingos!

Montéquio: Porca miséria! Perdoe-me o bardo…
Mas resignemo-nos ao nosso fardo.
Se não se casam, se juntam, e vão viver de artesanato.
Só há um jeito, façamos um pacto.

Capuleto: Rendo-me aos fados, galhardo.
Melhor um genro do que um neto bastardo.

Montéquio: Dito o que, só nos resta um mote.

Capuleto: Qual?

Montéquio: O dote.

E Romeu e Julieta não morreram, mas viveram felizes até a separação.

Luis Fernando Verissimo

    • Gabi
    • 4 de Junho, 2010

    Ahhh muito ótimo isso! Adorei!

  1. Aí é bonito!

    “D

    • Camila
    • 8 de Junho, 2010

    Até que enfim! :)

  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: