Sobre grammar nazis

Antis Scriptum: Esse texto tem uma coerência perturbadora, perdoem.

Oi, meu nome é Mariana e já fui grammar nazi. Estou desintoxicando há uns bons dois anos e estou limpa há 2 meses (só por hoje).  Eu resolvi dar meu depoimento, porque eu tenho visto tantos jovens com futuros promissores indo por esse caminho sombrio e sem vida. Sério, tá tomando proporções assustadoras. A minha última recaída foi há umas 9 semanas quando uma amada criatura falou mal do Bolsa Família e terminou com a hashtag #abaixoaipocrisia; aí eu achei que ela merecia. (Minha atitude foi reprovável, eu sei, tsc, tsc.)

Mas desde então, tô limpa.

Porém, essa mesma criatura maravilhosa, há poucos dias, deu uma de professora de português desempregada no facebook. CHO-QUEI. Isso tomou uma intensidade tão grande, que quem é vítima de preconceito linguístico tá por aí reforçando esse mesmo preconceito.

Segue meu depoimento:

Esse meu problema é de família. A minha mãe é daquelas loucas que fica conjugando certo “você” com “lhe”. Todas as cartas, bilhetes que ela me escreveu na vida vinham certeiros na gramática. Virei uma criança chata e presunçosa que corrigia o pai que escrevia “min”. Virei uma daquelas pessoas sem ter o que fazer que refaz planilhas no Excel porque as colunas e linhas não estão simétricas.  Que reescreve texto dos outros quando não gosta da fonte. Dá pra dar mais detalhes da minha personalidade cativante e neurótica, mas acho que isso é o suficiente pra dizer o seguinte: se você se incomoda com erros gramaticais alheios (ou como o guarda-roupa dele não é dividido por cores) o ridículo é você e não o outro. (O que me salva de ser a pessoa mais sarna da história é que eu tenho muita preguiça para ter TOC).

É realmente chato e deprimente ver que o melhor que a gente pode fazer pela nossa autoestima é menosprezar os erros escritos e a fala “errada” do outro; como se isso de alguma forma fosse um legitimador da nossa sapiência.

Falar bem a verdade, hoje em dia acho “min” super charmoso.

  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: